Arquivo para agosto \24\UTC 2007

Workshop Elizabeth Chanampa #2

Encontro realizado no dia 21 de agosto

work2_tati-0.jpg work2_tati-1.jpg work2_tati-2.jpg

work2_tati-5.jpg work2_tati-3.jpg work2_tati-8.jpg

work2_tati-6.jpg work2_tati-7.jpg work2_tati-9.jpg


Temática: Enquadramentos, angulações e planos. A imagem, o olhar e o áudio-documental. Diferentes representações e possibilidades expressivas.

Revisão: vamos relembrar algumas questões fundamentais que foram abordadas no nosso encontro.

“Se observamos a realidade muito próximos dela…a realidade se torna fantástica”
(Diane Arbus .Fotógrafa (1923-1971)

Podemos observar nesta frase dois sentidos: que a realidade é fora do comum, extraordinária, prodigiosa, fascinante e que essa realidade só existe em nossa imaginação. Essa relação ambígua é o próprio paradoxo da fotografia documental.

Quando falamos de imagem documental, de que fotografias estamos deixando de falar? uma imagem pelo só fato de ser construída perde esse caráter de documento?, como poderíamos estabelecer as características básicas que nos definam a fotografia documental? É a forma de fotografar um certificado de veracidade?, a foto documental é então um monte de mentiras?

Analisamos exemplos de fotografias que usaram o mais sofisticado da tecnologia ou câmaras primitivas, imagens obtidas de maneira mais tradicional ou imagens obtidas com câmeras digitais, ensaios realistas que criam efeitos dramáticos e fotografias que procuram um ideal estético.

Pensamos que toda fotografia pode-se ler desde uma perspectiva documental, se consideramos que responde a inquietudes, dúvidas, afirmações ou negações de uma época e um contexto próprios do criador; que tem a ver com ideologias, crises, crenças, sonhos, utopias e realidades. E concluímos que, a fotografia documental se faz experimentando, é um “processo de construção” onde se incorporam metodologias e técnicas de investigação social.
Análise áudio-visual.

A respeito do áudio documental, idealizamos a construção do som nas suas diferentes formas expressivas: palavra, ruído e música, dando especial destaque à valorização do silêncio.

Analisamos na imagem sua própria linguagem, e sua irredutibilidade à palavra: ambas se complementam, se questionam, se problematizam, mas nunca se submete uma à outra.

Outra poesia para nós e desta vez de Manoel de Barros. (Seu olhar procura o pequeno, o sem importância).

De tarde fui olhar a Cordilheira dos Andes que
se perdia nos longes da Bolívia
E veio uma iluminura em mim.
Foi a primeira iluminura.
Daí botei meu primeiro verso:
Aquele morro bem que entorta a bunda da paisagem.
Mostrei a obra pra minha mãe.
A mãe falou:
Agora você vai ter que assumir as suas
irresponsabilidades.
Eu assumi: entrei no mundo das imagens.

De: Ensaios fotográficos (2000) Poema “O poeta” (fragmento) ZUNÁI – Revista de Poesia & Debates.

material da aula sobre enquadramento, clique aqui.

Anúncios

Documentário: texto-imagem. Oralidade, memórias, fragmentos

Casa da memória – Núcleo da memória Audiovisual da paisagem Humana de Paranapiacaba. Curadoria Lilian Amaral

Colaboração: Elizabeth Chanampa / Tati
“Documentário: texto-imagem. Oralidade, memórias, fragmentos”.

Conteúdo do próximo encontro, dia 21/08:Enquadramentos, angulações e planos. A imagem, o olhar e o áudio-documental. Diferentes representações e possibilidades expressivas.

Queria compartilhar um poema da escritora de Londrina, (Paraná) ,Mirian Paglia Costa, por seu poder de evocação do espaço e a relação poesia – memória. Do livro: “Notícias do lugar comum”, pág.116, Editora 34, 1997, SP

quero o olho inaugural
a coleção de espantos
o rememorar das coisas
o primeiro som do mundo
seu cheiro ainda não classificado
quero rio turvo e terra roxa
quebradas de londrina, paraná
quero parentes, amigos, desafetos
amor sem fim, ódio mitigado
zero de conduta, comportamento ilibado
quero porque quero arquivar tudo

Workshop Elizabeth Chanampa

pales_tati-0.jpg pales_tati-1.jpg pales_tati-3.jpg

pales_tati-4.jpg pales_tati-2.jpg pales_tati-5.jpg

pales_tati-7.jpg pales_tati-9.jpg pales_tati-18.jpg

pales_tati-10.jpg pales_tati-12.jpg pales_tati-14.jpg

pales_tati-13.jpg pales_tati-8.jpg pales_tati-15.jpg pales_tati-16.jpg

Casa da memória – Núcleo da memória Audiovisual da paisagem Humana de Paranapiacaba. Curadoria Lilian Amaral

Colaboração: Elizabeth Chanampa / Tati
“Documentário: texto-imagem. Oralidade, memórias, fragmentos”.

Encontro do dia 14 de agosto.

Abordamos o tema do Espaço Perceptivo, que é o espaço que nós ocupamos e nos identifica e o Espaço Existencial, nosso território, que nos rodeia, que nos pertence e nos integra social e culturalmente. Como se comporta o nosso olhar na observação passiva do cotidiano e os diferentes modos de inclusão desse cotidiano quando o processo do olhar é criativo, ativo e dinâmico. O nosso objetivo foi: Aprimorar a percepção, promover a análise crítica e uma reflexão mais apurada do que se vê e incorporar uma nova linguagem que acrescente e possibilite uma comunicação maior entre os componentes do grupo.

Trabalhamos a Percepção Visual,
1. Análise da estrutura visual como um campo de forças a partir do comportamento das diferentes figuras colocadas no interior de um quadrado, cujo espaço estava protegido da influencia externa por um contorno preto. O enquadre.
2. O EQUILÍBRIO. Localização. Tamanho. Forma. Cor. Direita e Esquerda. Estrutura estática e estrutura dinâmica. A regra dos terços.
3. DIRECIONALIDADE. Linhas de força. Linhas visuais.
4. Analise grupal de pinturas e fotografias.
5. Trabalho grupal: retomando as frases e os grupos do encontro anterior, se criaram imagens contendo os elementos visuais específicos e dinamicamente distribuídos de forma a poder suprir o texto.

Encontro Internacional PAISAGENS DA MEMÓRIA

14, 21 e 28/Agosto: Documentário: texto-imagem. Oralidade, memórias, fragmentos.

Participação: Elizabeth Chanampa. Diretora e Produtora de Cinema Documental, formada no Instituto Nacional de Cinematografia da Universidad Nacional del Litoral.(UNL), em Santa Fé. Argentina.

Workshop Daniel Toso

workshop_01.jpg workshop_02.jpg workshop_03.jpg

workshop_04.jpg workshop_05.jpg workshop_06.jpg

workshop_07.jpg workshop_08.jpg workshop_09.jpg

Grupo I – RELATO SOCIAL
Piuí, Piuí, o trem não chega aqui.
Uso ônibus pra chegar e pra saí.
Vila ferroviária Paranapiacaba..

Grupo 2 – CORPO PERCURSO TERRITÓRIO
É preciso amar a História, viver e estar presente nela, dando continuidade ao valor histórico…Não podemos capitalizar nossos pensamentos.

Grupo 3 – EXPERIÊNCIA PESSOAL
Impotência, indignação, abandono, tristeza! Perante mais um incêndio criminoso.

Grupo 4 – CORPO PERCURSO TERRITÓRIO
Que sensação é essa, que vejo neblina, que esconde o que conheço e ainda me faz pensar: será que estou subindo para o céu?

Grupo 5 – RELATO SOCIAL
16 anos de prisão, condenados. No depoimento eles disseram: matamos porque era gay…

Grupo 6 – EXPERIÊNCIA PESSOAL
São árvores e porões, espaços imensos que se tornaram pequenos com o passar do tempo.

Encontro Internacional ESPAÇO PÚBLICO, CRIATIVIDADE E ARTE.

Dia 07 de Agosto, das 14 às 17h no teatro Lira Serrano em Paranapiacaba.

Prof. Dr. Daniel Toso – Arquiteto e Artista Visual. Argentina/Barcelona.
Sócio-fundador do POCS – Project for Open and Closed Space Sculpture Association, Barcelona.

Apoio: Museu Aberto, POCS, Associação Videobrasil, ASA, Casa do Olhar.
Realização: Paranapiacaba/Prefeitura de Santo André.
Patrocínio: Prefeitura de Santo André, IPHAN/Ministério da Cultura.
Realização: Sub-prefeitura de Paranapiacaba / Casa da Memória

ESPAÇO PÚBLICO, CRIATIVIDADE E ARTE

. Individual ou coletivo?
. Interferência ou alternativa?
. Permanente ou efêmero?
. Imposto ou participativo?
. Esquecimento ou memória?
. Disciplinar ou interdisciplinar?
. Ignorância ou conhecimento?
. Ego ou empatia?

Experiências, workshops/oficinas, projetos.

Este é o primeiro encontro de uma série prevista para o segundo semestre/07 que integra o projeto em processo da Casa da Memória: Núcleo da Memória Audiovisual da Paisagem Humana de Paranapiacaba.

Vila de Paranapiacaba

paisagem_01.jpg paisagem_02.jpg paisagem_03.jpg

paisagem_04.jpg paisagem_05.jpg paisagem_06.jpg

paisagem_07.jpg paisagem_08.jpg paisagem_09.jpg